Player do Portão

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Pompéia: destruição e redenção através do Pink Floyd!

Pompeia
Patrimônio mundial da humanidade (UNESCO), a cidade de Pompeia localizada na Itália é um dos roteiros turísticos mais procurados da Europa! Já fez parte do Império Romano (apesar de manter sua identidade cultural), foi dominada por vários povos em diferentes épocas, foi literalmente soterrada viva por uma erupção vulcânica em 79d.C. além de ter sido palco de um dos shows mais emblemáticos da história do rock!

Todos os assuntos que envolvem a história dessa cidade são imensamente interessantes e sugiro, caso ainda não saiba, que faça uma bela pesquisa sobre a mesma porque vale muito a pena! Inclusive através de livros e filmes! Por aqui, limito-me em sucintas linhas a vislumbrar o seu cenário pós tragédia, ou seja, um pouco da história da cidade após o Vesúvio entrar em atividade e selar sua sorte.

Muitos morreram ao entrar em contato diretamente com o material vulcânico, petrificando-os e preservando seus corpos no exato momento da erupção até os dias de hoje, mas outros tantos - inclusive em cidades vizinhas - vieram a óbito apenas pelo calor liberado, coisa acima de 250 graus centígrados! 

Foto impressionante de um habitante de Pompeia petrificado pelas cinzas do Vesúvio!
A cidade foi inteiramente dizimada e então esquecida por muitos séculos, literalmente sepultada! Somente em 1599 é que foi redescoberta (uma pequena parte) de forma acidental em função da construção de um canal. No entanto, resolveram imediatamente recolocar no lugar o que havia sido escavado seja por conta de uma censura já que foram encontrados muitos afrescos com caráter sexual, ou mesmo pela preocupação da preservação do sítio arqueológico para gerações futuras!

Foi então redescoberta outras vezes em décadas posteriores, até que enfim foi feito todo o devido trabalho arqueológico em 1748. Ainda bem, porque se fosse hoje poderiam soterrá-la para a construção de um Shopping ou um simples estacionamento! Mas de forma incrível, formou-se uma áurea mística em torno da cidade, despertando as mais variadas emoções em seus visitantes, sentimento esse capturado de forma magnífica por uma das melhores bandas de rock do planeta: o Pink Floyd. 

Em outubro de 1971 o Pink Floyd fez uma apresentação dentro do antigo coliseu de Pompeia, tendo como espectadores apenas a própria banda e os técnicos de som e filmagem ali presentes! Alguns acreditam que o concerto foi uma espécie de homenagem póstuma e enfim seus antigos habitantes puderam descansar em paz. Será? Sinta você mesmo e tire suas próprias conclusões!

12 comentários:

  1. Eu estive lá em Pompéia e é incrível aquele lugar! Mas não ´´e o que mais me atrai! Sei lá, algo estranho... Mas esse show , justa homenagem! Legal! abração, tudo de bom,chica ( imagina se na hora da morte estivessem precisando usar um pote de margarina?rs )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Chica, interessante seu depoimento!

      Grande abraço.

      Excluir
  2. Muito interessante.
    A verdade é que só conheço de Pompeia o que li em alguns livros.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elvira,
      Mas só o que lemos nos livros e vemos nos vídeos já é capaz por si só de emocionar, não?

      Abraço.

      Excluir
  3. Olá, Flávio
    sim, fiz a bela pesquisa sobre a mesma e até programei no meu canal do Youtube, o filme Pink Floyd: Live at Pompeii e o Vídeo apresentado já me deu a mostra do show audio-visual..maravilha!
    ...essa foto de um habitante de Pompeia petrificado pelas cinzas do Vesúvio é mesmo muito impressionante ! Agora,não sei se os antigos habitantes puderam descansar em paz, após, mas, que o concerto foi uma espécie de homenagem póstuma não tenho muitas dúvidas, tanto que certamente todos pararam para ouvir...
    Bela postagem!Boa noite, Obrigado pelo carinho, belos dias,abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Felis,
      Que bom que gostou! Sua opinião é muito importante pra mim!

      Grande abraço.

      Excluir
  4. Cara, que texto sensacional, e a correlação que tu fez, lembro que, este ano, bem no início, vi um filme muito legal sobre esta tragédia no Netflix, sobre a destruição da Pompéia, e o filme é sensacional, quase desconhecido, e o terror e drama vividos no momento da erupção é o ponto alto do filme; já o showzaço do Floyd, vi todo no Youtoba há algum tempo e é sensacional.

    Ótimo texto, parabéns Flávio e abraço pra ti.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cheng,
      É por essas que também adoro o Youtoba! kkkkkkkkkkkkkk.........

      Abraço.

      Excluir
  5. O vídeo é belo, a música ótima, mas o ambiente ficou um pouco mórbido só com a banda, em vista do que a história nos apresenta. Como suposta homenagem, é válida a apresentação, nessas condições. Tragédias, não obstante tão remotas, ainda ficam na memória após delas tomamos conhecimento. Impossível não imaginarmos o terror e o sofrimento das pessoas. Saber que uma aparente escultura é um ser humano petrificado é assustador. Creio que os turistas sentem vibrações diferentes quando estão em locais marcados por destruições da natureza. Sua postagem ficou muito boa. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Marilene! De fato alguns amigos ao verem o vídeo sentiram esse clima mórbido. Engraçado que particularmente não senti e adorei.

      Obrigado pela visita.

      Abraço.

      Excluir
  6. E o Pink se aposentou...que triste! Fica sua música mágica que com certeza chegou ao coração de Pompéia! bjs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anne,
      Certas bandas se aposentam na carreira mas nunca em nossos corações!

      Grande abraço.

      Excluir

Já que chegou até aqui, deixe um recado, comente! Obrigado.